Futuro das Cidades - Instituto Vedacit

Rios despoluídos, cidades saudáveis (e sustentáveis)

O site Archdaily levantou oito exemplos de projetos voltados para despoluir os rios urbanos. Segundo a matéria, pelo menos oito rios poluídos que foram recuperados e reincorporados à vida de grandes centros urbanos, são exemplos de que o cuidado com a natureza também caracteriza o que se pode chamar de uma cidade saudável e sustentável. O Sena, em Paris, foi degradado por conta da poluição industrial, situação comum a outros rios europeus. Neste caso, porém houve um agravante: o recebimento de esgoto doméstico, descreve a matéria intitulada. Em 1960, os franceses passaram a investir na revitalização do local construindo estações de tratamento de esgoto. Hoje já existem cerca de 30 espécies de peixes no rio, mas o processo para que isso acontecesse foi lento.

E este é apenas um dos casos emblemáticos descritos na matéria. O rio Tâmisa, em Londres; o Tejo, em Lisboa; o Cheonggyecheon e o Han, em Seul;  o Cuyahoga, em Cleveland (EUA); o Reno, que corta várias cidades da Europa; e o os canais de Copenhague, na Dinamarca, são bons exemplos de rios urbanos que forma degradados e recuperados pelo home, tornando-se importantes polos de turismo, comércio e desenvolvimento das cidades que atravessam.

Leia mais:

https://www.archdaily.com.br/br/01-168964/oito-exemplos-de-que-e-possivel-despoluir-os-rios-urbanos