Futuro das Cidades - Instituto Vedacit

UNESCO e parceiros realizarão eventos culturais e de arquitetura no Brasil em 2020

O site da ONU Brasil informou que o Rio de Janeiro sediará o 27º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2020RIO), entre os dias 19 e 23 de julho do próximo ano. Além deste evento, a cidade também foi designada como a 1ª Capital Mundial da Arquitetura, a partir de um acordo entre a União Internacional de Arquitetos (UIA) e a UNESCO, e será o local de diversas ações sobre o tema ao longo de 2020.

Segundo a ONU BR, durante o UIA2020 serão realizadas iniciativas para o desenvolvimento sustentável relacionadas às Cidades Patrimônio Mundial e à Rede de Cidades Criativas da UNESCO. “Também serão promovidas atividades relacionadas à Prevenção e Resposta a Emergências para Museus e Coleções, em parceria com o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), entre outras entidades”.

O site informa ainda que as ações foram debatidas durante a visita ao Brasil do diretor-geral adjunto de Cultura da UNESCO, Ernesto Ottone, ocorrida em novembro. Ele participou da Reunião Técnica em Museus e Coleções celebrada no dia 6 de novembro no Paço Imperial do Rio de Janeiro, com a presença de importantes órgãos de preservação do patrimônio nacionais e regionais.

Segundo a ONU BR, “o momento também deve marcar o lançamento de um documento com orientações para a criação de protocolos para prevenção e resposta a emergências na América Latina e Caribe para Museus e Coleções, no âmbito da Recomendação UNESCO 2015. Na ocasião da Reunião Técnica o diretor-geral adjunto de Cultura, Ernesto Ottone enfatizou a necessidade de que os museus desenvolvam protocolos, estabeleçam prioridades e destinem recursos adequados para mitigar os riscos e responder aos desastres”.

A matéria informa ainda que, também em julho, de 13 a 17, Santos (SP) sediará a Conferência anual da Rede de Cidades Criativas da UNESCO, evento que reunirá cerca de 200 municípios e contribuirá para o fortalecimento da economia criativa local e nacional.

“No Brasil, 10 municípios integram a Rede de Cidades Criativas da UNESCO: Belém (PA), Florianópolis (SC), Paraty (RJ) e Belo Horizonte (MG), no campo da gastronomia; Brasília (DF), Curitiba (PR) e Fortaleza (CE), no do design; João Pessoa (PB), em artesanato e artes folclóricas; Salvador (BA), na música; e Santos (SP), no cinema”, informa a ONU BR.

Leia: https://nacoesunidas.org/unesco-e-parceiros-realizarao-eventos-culturais-e-de-arquitetura-no-brasil-em-2020/amp/